Viver com Sabedoria e Prudência


Tema: Viver com sabedoria e prudência.

Itapema – Bom Caminho 15/08/2015

Régis Duarte Müller

12° Domingo Ap Pentecostes – 15/08 a 22/08/2015      

Textos Bíblicos: Salmo 34.12-22; Provérbios 9.1-10; Efésios 5.6-21; João 6.51-69

         Nas últimas semanas temos tido a oportunidade de ler e estudar a carta de Paulo aos Efésios. A cada semana e perícope que estudamos somos remetidos a excelentes ensinos e admoestações que Deus faz ao povo por intermédio do Apóstolo Paulo, escritor da carta.

         Já tivemos a oportunidade de estudar sobre o corpo de Cristo e a importância da unidade desse corpo, quando todos são orientados a viver segundo a vocação conforme o chamado que cada um recebeu para o benefício e preservação da unidade, bem como, para o crescimento e edificação a partir de Cristo, a cabeça do corpo.

            Em outra perícope, estudamos sobre o papel da família, como dia dos pais, tendo em vista especialmente a função do pai no corpo de Cristo como aquele que recebe de Deus o chamado e vocação de educar e ensinar o filho no caminho em que deve andar, além da exortação para todos viverem em amor e santificação.

            Agora, vamos continuar esse caminho, vendo como Paulo orienta as pessoas, pertencentes do corpo de Cristo, a viverem com prudência e sabedoria, como verdadeiros filhos amados de Deus.

           Os ensinos de Paulo estão em uma crescente muito interessante, pois mostra a importância de cada pessoa viver segundo o chamado que recebeu (4.1-2) – diferente dos gentios, que não se importam com tais orientações (4.17) –, andar em amor (5.2, 4) e na luz (5.8), e agora, para viver e andar na sabedoria (5.15). Portanto, a sugestão paulina é para que cada pessoa viva como filha de Deus, levando em consideração um modo de viver e comportar-se proporcional à natureza que agora possui como filha de Deus.

          3200326 Deste modo, viver com sabedoria e prudência é um dom que está presente nos filhos de Deus, de modo que sábio e prudente é aquele que teme o Senhor e conhece a Deus, sua Palavra e ensinos, conforme vemos em Provérbios: “O temor do SENHOR é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo é a prudência” ou conforme a NTLH: “Para ser sábio, é preciso temer a Deus, o SENHOR. Se você conhece o Deus Santo, então você tem compreensão das coisas” (Pv 9.10).

            Por outro lado, a falta de sabedoria e prudência está ligada ao distanciamento de Deus, e é um caminho em direção ao fracasso. Esse caminho, normalmente, é traçado pela ‘intemperança’, a qual pode ser considerada como uma espécie de antônimo da sabedoria ou prudência. Isto é: Viver e comportar-se de modo indigno ao chamado e vocação recebido; viver e comportar-se com gestos, atitudes e palavras que prejudicam a paz e convivência das pessoas, causando constrangimentos e ofensas.

            Em Provérbios 9, a falta de sabedoria e prudência está relacionada ao convite da loucura ou mulher apaixonada (Pv 9.13-18). A mulher apaixonada sabe seduzir e levar uma pessoa ao erro. Ela tem astúcia, e usa da sua ‘esperteza’ para iludir os homens em suas tolices, aproveitando-se das deficiências básicas de suas vítimas.

            Sim, e todos temos nossas deficiências! E por isso, a falta de sabedoria e prudência, tenta seduzir seus adeptos com propostas ‘irrecusáveis’ através da ilusão e esperteza, do prazer e das facilidades, tentando tais deficiências. Contudo, esse é o caminho que leva à perdição, e a atitudes de intemperança. Ou seja, falta de moderação nas atitudes, nas palavras e na forma de viver.

            Sendo assim, a intemperança é uma forma concreta do que não é sabedoria e prudência, e que conduz a uma ladeira que vai direto para a perdição e condenação.

            Talvez muitos de nós estejamos nessa ladeira, vivendo nas trevas, dormindo entre os mortos, sendo seduzidos pelas propostas atraentes do inimigo às nossas fragilidades. Mas como Pastor, que nunca desiste de suas ovelhas, Deus vem a nós e diz: “Desperta, ó tu que dormes, levanta-te de entre os mortos, e Cristo te iluminará” (Ef 5.14), e ainda:Favor de DeusQuem é simples, volte-se para aqui. Aos faltos de senso diz: ‘vinde, comei do meu pão e bebei do vinho que misturei. Deixai os insensatos e vivei; andai pelo caminho do entendimento’” (Pv 9.4-6).

            O grande chamado de Deus é este: “Deixai os insensatos e vivei; andai pelo caminho do entendimento”. Talvez possamos perguntar: Mas qual é o caminho do entendimento? A Bíblia nos diz: “Para ser sábio, é preciso temer a Deus, o SENHOR. Se você conhece o Deus Santo, então você tem compreensão das coisas” (Pv 9.10).

            Assim como recebemos constantes convites para a ‘loucura’, Deus ainda mais nos defende e convida para viver na sabedoria e prudência, onde está a vida. A fim de sermos preservados nesse Bom Caminho, Paulo escreve: “Portanto, vede prudentemente como andais (comportar-se, modo de viver), não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, porque os dias são maus. Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo” (Ef 5.15-21).

          Estas são palavras de amor aos filhos de Deus que já conhecem o Santo Deus e sua vontade, que antes viviam nas trevas e praticando todo tipo de frutos da injustiça, segundo a loucura e intemperança. Mas ainda assim, precisamos reconhecer como Paulo que “os dias em que vivemos são maus”, e orientar dizendo: “aproveitem bem todas as oportunidades que vocês têm” (Ef 5.16).

          Aproveitar bem… Como? A palavra de Deus nos diz para aproveitarmos bem vivendo com sabedoria e prudência, procurando entender o que Jesus quer que façamos vivendo na luz, “pois a luz produz uma grande colheita de todo tipo de bondade, honestidade e verdade”, que são qualidades de uma vida guiada pela Sabedoria e Prudência. E por mais que os dias maus continuem, agradeça “sempre todas as coisas a Deus, o Pai” (Ef 5.21). Afinal, quando há maldade, a verdadeira bondade irá apontar a luz do mundo.

Oração: Deus Espírito Santo ilumina nossa vida com a Luz de Cristo, a fim de temermos e confiarmos no Santo Deus, e assim, vivermos em Sabedoria e Prudência. Em nome do Deus Pai, Filho e Espírito Santo. Amém.

Bíblia de Estudo Almeida RA – SBB.

Bíblia de Estudo NTLH – SBB.

Bíblia Sagrada com Reflexões em Lutero – SBB.

Comentário Bíblico Gálatas a Filemom – Beacon.

Dicionário Grego – Português do Novo Testamento – Louw e Nida, SBB.

Mensagens de Esperança – Hora Luterana.

Novo Testamento Interlinear Grego – Português, SBB.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: